segunda-feira, 6 de junho de 2011

Forgive Me...





... for I am...

... about to sin...

Wanna help me with that???

... it's so much more fun when I sin with you...

;)

Bjs

Just ME

4 comentários:

requiescatinpacem disse...

Começas a fazer-me lembrar a história do capuchinho..Sempre que elas encontram o seu príncipe hão-de voltar à floresta na ânsia de serem comidas por um lobo e no dia em que encontram o seu lobo esquecem-se que ele é um lobo e querem que ele seja um príncipe.
Os príncipes são sapos, saltam, coaxam e tratam dos girinos, o lobo não!

Existem três lados positivos em querer domar um lobo. Primeiro é ânsia de querer comportar-se como uma loba e para isso entrega-se a coisas a experiências novas, segundo vem em consequência do primeiro querem conquistar o lobo através da cona, cu, broche e minete , terceiro e último não existe!

Se a loba era uma princesa, ela vai voltar a ser o que era, ou seja, o lobo mastiga, digere e livra-se dela.
Se a princesa quiser mudar o lobo e o lobo mudar, ela cuspirá o lobo.

Depois há a verdadeira loba que eu defino como: lady na mesa e puta na cama… com esta o lobo está bem fodido!


As pessoas não mudam, os lobos serão sempre lobos, as lobas serão sempre lobas, os sapos serão sempre sapos.

Podem fugir à vossa natureza mas não podem fugir de quem vos é natural!?

Fogo disse...

Gostei do comentário do "requiescatinpacem". É verdade, as mulheres procuram o príncipe mas querem o comer o lobo...

requiescatinpacem disse...

Eu também gostei do meu comentário!!!

Just Me disse...

E eu também...

Princesa não sou... A minha maneira de ser não faz com que tenha interesse em mudar nínguem...

Será que isso faz de mim uma loba?

;)

Bjs Just